AO VIVO
Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
Busca
São Paulo
21ºmax
14ºmin
Diário Popular Super
Correios
Geral

PRF inicia Operação Nossa Senhora Aparecida nas rodovias federais

Fiscalização nas estradas vai até a noite de segunda-feira

10 outubro 2020 - 17h00

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) abriu, na sexta-feira (9) a Operação Nossa Senhora Aparecida nas estradas e rodovias sob controle do governo federal em todo o país. A ação permanecerá até a noite de segunda-feira (12).

A maior movimentação nas estradas estava prevista para o fim da tarde e início da noite de sexta e a manhã deste sábado (10), quando as pessoas se deslocam para os locais de permanência no feriado, e na tarde e noite de segunda-feira, quando a maioria volta para casa.

Em razão disso, veículos com excesso de peso não poderiam trafegar pelas pistas simples entre as 16h e as 22h desta sexta-feira e as 6h e as 12h de sábado e das 16h às 22h na segunda-feira.

As equipes da PRF estão em campo para intensificar a fiscalização de desrespeito às normas de trânsito rodovias federais. De acordo com a corporação, o foco será em irregularidades como velocidade acima do permitido, embriaguez ao volante e ultrapassagens em desacordo com as regras. Também será dada atenção para o transporte de crianças.

Recomendações

Como em outros feriados com grande movimentação nas estradas, a PRF recomenda medidas para evitar qualquer tipo de problema durante a viagem, entre as quais o respeito às leis de trânsito, especialmente em relação aos limites de velocidade e à proibição de dirigir depois de consumir bebidas alcoólicas.

Para além da conduta ao volante, é importante cuidar do carro. Antes de pegar a estrada, é importante fazer uma revisão, checar o estado dos pneus e a calibragem, o nível de óleo no motor e a sinalização do carro.

A corporação sugere que os motoristas evitem os horários de pico, quando a movimento nas pistas é maior e o risco de acidentes cresce. Em viagens mais longas, é importante evitar dirigir cansado e parar a cada três ou quatro horas.

*Agência Brasil