AO VIVO
Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
Busca
São Paulo
17ºmax
min
Diário Popular Super
Correios
Educação

Justiça autoriza volta às aulas nas escolas particulares no Rio

Cada escola poderá decidir se retoma as aulas

01 outubro 2020 - 06h15Por Sandra Capomaccio

As escolas privadas do município do Rio de Janeiro podem retornar às aulas a partir desta quinta-feira  (1º). A decisão é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJ), anunciada nesta quarta-feira (30). Os desembargadores julgaram recurso do município do Rio.

A prefeitura se manifestou sobre a decisão do TJ, dizendo que, de acordo com a Subsecretaria de Vigilância Sanitária e o Comitê Científico, as escolas privadas têm condições sanitárias de voltar às aulas, se assim quiserem. “Cabe deixar claro que são os estabelecimentos privados que decidem se voltam às atividades. A prefeitura somente autoriza o retorno aos locais do ensino privado desde que cumpridas as rígidas regras sanitárias”, informou a prefeitura, em nota.

O Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro-Rio) também se posicionou em nota, lembrando que a categoria está em greve e que a questão será debatida em assembleia geral, no próximo sábado (3). “O patronato e a prefeitura, mais uma vez, se apoiaram no princípio do lucro e da economia, além de colocarem as crianças reféns de um discurso que, sabemos bem, eles não defendem no seu dia a dia”, disse. O sindicato acrescentou que a categoria está em “em greve pela vida” e ressaltou que dia 15 de outubro haverá audiência no Tribunal Regional do Trabalho.

Segundo o Sindicato dos Estabelecimentos de Educação Básica do Rio de Janeiro (Sinepe-Rio), a rede privada no município do Rio representa 481.369 matrículas na educação básica, com 2.031 estabelecimentos e 27.820 docentes.

*Agência Brasil