AO VIVO
Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
São Paulo
26ºmax
16ºmin
Diário Popular Super
Correios
Zé Trovão por cá!

Reflexões de um exilado político

Sou um exilado que sofro a saudade da minha família, a dor de não saber se um dia os verei outra vez. Não permitam que algo assim acontece com  você ou com alguém que você ame.

25 setembro 2021 - 19h09Por Zé Trovão
Reflexões de um exilado político

Zé trovão por cá! Você já se sentiu preso? Sabe me dizer qual sentimento que isso lhe causa? Os danos que isso causa a um cidadão de bem? Você já ouviu falar em injustiça? Sabe o verdadeiro sentido desta palavra? São muitas perguntas eu sei, mas claro que você vai pensar em cada uma delas. Pois esta é sua obrigação de se questionar todos os dias sobre essas pequenas palavras que mudam a vida de um ser humano. Vou lhes contar uma pequena história.

Pessoas saíram de seus país para não morrer de fome, mas muitas estão morrendo tentando chegar em um lugar que possa dar a sua família alguma dignidade, quando chegam no seu destino são tratadas como se fossem um problema maior do que aparenta, na verdade se formos olhar o outro lado da moeda os outros países também já tem seus próprios problemas para resolver, e agora terão que dar atenção a um problema que não é deles mas pela lei natural da vida eles não vão deixar mais vidas morrer.

Mas, aqui vai a pergunta que vai mexer com seus pensamentos; porque deixar os países se acabar e nós termos que ser responsáveis pelos seus problemas? Quando nós podemos cuidar de nosso país e não deixá-lo se tornar um lugar indevido a se viver! Não é egoísmo querer ter uma vida digna para os seus, mas é muito egoísmo deixar os meus passarem por dificuldade para resolver os problemas dos outros. Para ser um bom pastor eu começo a obra dentro da minha casa, para depois fazer a obra dos outros, falar aos outros o que eles devem fazer para vencer quando em minha própria casa todos estão sendo derrotados? Isso é a maior hipocrisia que existe.

Então vou dizer a todos sem medo de errar, não sou filósofo para lhes trazer lindas palavras, mas sou honesto o suficiente para dizer que não vamos ter uma vida digna se não tivermos pensamentos mais contundentes sobre nossa própria situação. Se não entendemos tudo que estamos passando, jamais seremos capazes de resolver nossa situação na fonte do problema.

Sou um exilado que sofro a saudade da minha família, a dor de não saber se um dia os verei outra vez. Não permitam que algo assim aconteça com  você ou com alguém que você ame.

Hoje sinto a dor da saudade amanhã posso sentir a dor de ter perdido a liberdade.