AO VIVO
Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
Busca
São Paulo
17ºmax
12ºmin
Diário Popular Super
Correios
Meio Ambiente

Com início da temporada de seca, DF contrata 150 brigadistas para auxiliar em incêndios ambientais

21 junho 2021 - 14h34Por Priscila Carolina Dalagnol

O governo do Distrito Federal está contratando 150 profissionais temporários para auxiliar o trabalho do Corpo de Bombeiros. As vagas são para os cargos de Chefe de Brigada, Chefe de Esquadrão e Brigadista.

Com o início do inverno e a temporada de seca, o receio é de que o DF tenha emergências ambientais e risco de queimadas, como verificado em 2020. Os aprovados vão trabalhar no combate a incêndios florestais nas Unidades de Conservação, parques do Distrito Federal e também auxiliar o Corpo de Bombeiros na realização de outras atividades.

As inscrições são gratuitas e foram abertas nesta segunda-feira (21), através de Processo Seletivo Simplificado. Para participar, os interessados devem se cadastrar no site do Instituto Brasília Ambiental, e, após reunir a documentação necessária, comparecer pessoalmente na sede do Ibram para entrega do material.

Das 150 vagas, seis são para supervisores de brigada, com salário de R$ 3.500. Outros 24 postos de trabalho estão reservados para chefes de brigada, com remuneração de R$ 2.750. E as demais 120 oportunidades são destinadas a brigadistas florestais combatentes, com vencimentos de R$ 2.200.

Para todas as colocações, o edital prevê a exigência de diploma ou declaração de participação no curso de Formação de Brigada de Combate a Incêndio Florestal. De acordo com o manual do candidato, para os cargos de chefe de brigadas e supervisores, também é preciso ter certificado ou diploma de conclusão do ensino médio e carteira de habilitação, no mínimo, "B". 

As inscrições vão até o dia 28 de junho e o certame pretende ainda preencher cadastro de reserva, para chamar os demais classificados quando surgirem futuras vagas.