AO VIVO
Menu
Busca quarta, 05 de maio de 2021
Busca
São Paulo
28ºmax
15ºmin
Diário Popular Super
Correios
Internacional

EUA irão banir TikTok e WeChat a partir de domingo

Quem já tem os aplicativos instalados, poderá continuar usando

18 setembro 2020 - 12h32Por Jennifer Vargas

Depois de semanas de embate, com críticas de Donald Trump e até tentativa de compra por empresas americanas, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (18) que os aplicativos chineses TikTok e WeChat serão banidos e não poderão mais ser distribuídos em celulares do país, já a partir do próximo domingo (20).

A medida determina que os serviços deixem de ser disponibilizados para download nas lojas de aplicativos, como Apple Store e Play Store. Com isso, as funcionalidades financeiras do WeChat (chamado de "WhatsApp chinês") também sairão do ar em todo o território nacional.

Quem já tem o Tiktok instalado poderá continuar usando normalmente, mas não conseguirá realizar nenhuma atualização a partir da data estipulada.

Vale lembrar que não é de hoje que os aplicativos estão sob suspeita de espionagem e tratamento indevido de dados pelo governo americano. Segundo a nota divulgada pelo órgão, a medida restritiva visa proteger a segurança nacional do país de supostas ameaças do Partido Comunista da China.

Só nos EUA são cerca de 100 milhões de usuários no TikTok e 19 milhões no WeChat.

Acordo

Em meados de agosto Trump já havia ameaçado proibir o TikTok no país caso ele não fosse vendido para uma empresa americana. Até houve procura de algumas gigantes do mercado, como a Microsoft, mas a dona do aplicativo, ByteDance, recusou.

O serviço chinês tem mantido, desde então, contato com a Oracle para uma "parceria tecnológica" para o gerenciamento de dados no território americano, tentando encontrar uma solução.

O dilema, no entanto, não é tão simples e ainda dependerá de aprovação tanto dos EUA, quanto da China.