Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
Busca
São Paulo
26ºmax
21ºmin
Internacional

EUA alerta Iraque que está se preparando para fechar embaixada em Bagdá

Governo americano exige que país interrompa ataques a milícias xiitas

28 setembro 2020 - 05h00

O governo dos Estados Unidos alertou no último domingo (27) que o Iraque está se preparando para fechar a embaixada do país em Bagdá, a menos que o governo iraquiano interrompa a onda de ataques de milícias xiitas contra instalações norte-americanos, segundo informaram autoridades dos dois paíeses neste domingo.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, fez o alerta em telefonemas recentes ao presidente iraquiano, Barham Salih, e ao primeiro-ministro iraquiano, Mustafa al-Kadhimi, disseram as autoridades. O embaixador dos EUA no Iraque, Matthew Tueller, disse ao ministro das Relações Exteriores do Iraque, Fuad Hussein, que a decisão política é do presidente Trump e que os dois países entraram em uma nova era em suas relações, acrescentou.

O Departamento de Estado e a Embaixada dos Estados Unidos se recusaram a comentar as discussões diplomáticas.

Duas autoridades iraquianas disseram, no entanto, que os EUA informaram às autoridades iraquianas que estão começando a tomar medidas preliminares para fechar a embaixada nos próximos meses, mantendo seu consulado em Erbil, capital da região curda do Iraque. "O que nos dizem é que se trata de um fechamento gradual da embaixada em dois a três meses", disse uma autoridade iraquiana, que acrescentou que isso pode ser acompanhado pela retirada das tropas americanas do país.

Essa retirada gradual daria a Washington tempo para reverter o movimento caso as autoridades iraquianas tomem medidas decisivas para proteger as instalações dos EUA, acrescentou o funcionário iraquiano, apesar dos riscos de elevar as tensões com o Irã e as milícias iraquianas apoiadas pela República Islâmica.

Fonte: Agência Estado