AO VIVO
Menu
Busca sábado, 22 de janeiro de 2022
Busca
São Paulo
32ºmax
19ºmin
Diário Popular Super
Correios
Geral

Programa Sesc Verão começa hoje com atividades gratuitas no Rio

Ação tem esporte, lazer e cultura em várias cidades do estado

08 janeiro 2022 - 17h00Por Redação

Depois de uma versão virtual, realizada no ano passado, em função ainda da pandemia do novo coronavírus, o programa Sesc Verão do Rio de Janeiro retorna este ano no formato presencial. Por meio do projeto, o Serviço Social do Comércio (Sesc RJ) leva serviços a praias fluminenses e a unidades localizadas na capital e no interior, principalmente atividades culturais e de lazer, englobando ainda grandes shows musicais e oficinas com ídolos do esporte nacional.

A programação é 100% gratuita e começa amanhã (8), em Rio das Ostras, na Região dos Lagos, e em algumas unidades regionais do Sesc, estendendo-se até 20 de fevereiro. A programação pode ser conferida no site do Sesc RJ.

divulgação do Sesc Verão RJ

 A programação é 100% gratuita - Divulgação do Sesc Verão RJ

Expansão
A gerente de Lazer do Sesc RJ, Monica Velasques, informou que, este ano, o projeto foi ampliado e vai contemplar 30 municípios, com extensão para municípios onde a ação não havia atuado. O roteiro inclui, pela primeira vez, a Baixada Fluminense. Além de Rio das Ostras, haverá programações especiais nas cidades do Rio de Janeiro (Paquetá), Angra dos Reis, Mangaratiba, Paraty, Barra Mansa, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes (Farol de São Thomé), São Francisco de Itabapoana, Casimiro de Abreu, Magé, Guapimirim, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Petrópolis, Três Rios, São José do Vale do Rio Preto, Teresópolis, Sumidouro, Duas Barras, Cantagalo, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Maricá, Niterói e São Gonçalo.

Futevôlei, futebol, vôlei de areia, beach tennis (tênis de praia), duathlon (corrida e ciclismo), desafio dos atletas, oficinas recreativas e esportivas, intervenções culturais, educação em saúde e meio ambiente, shows musicais, espetáculos teatrais, caminhadas e maratona fazem parte das atividades nas praias e nas unidades do Sesc nos municípios. Monica Velasques disse que nas atividades que ocorrerão em locais fechados, dentro das unidades, as vagas serão preenchidas mediante inscrições. A maior parte das ações, entretanto, será realizada em áreas abertas. Será dada prioridade à apresentação de bandas musicais locais, visando incentivar a cultura municipal.

A equipe feminina de vôlei do Sesc RJ Flamengo, liderada pelo técnico Bernardinho, circulará pelas localidades para interagir com o público. Participarão também o técnico da Seleção Brasileira Sub-21 masculina, Giovane Gávio, e a gestora esportiva e ex-nadadora, Patrícia Amorim.

Protocolos
O presidente do Sistema Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior, ressaltou que o Brasil, como país tropical, “é uma inspiração para atividades ao ar livre, como a prática de esportes e a interação com atividades culturais. É com muita satisfação que retornamos nesse sábado a realização do Sesc Verão, que promove uma ampla programação de cultura e lazer para a população de 30 municípios, em todas as regiões do estado”.

Queiroz Junior lembrou a importância dos protocolos sanitários, como distanciamento social, uso de máscara e de álcool 70%, apresentação de comprovante de vacinação, “para mantermos a saúde de cada um de nós e de nossos familiares”. Todas as atividades estão adequadas aos protocolos sanitários, acrescentou a gerente de Lazer do Sesc RJ. Monica Velasques afirmou também que as atividades não têm limitação de idade. “São para todos. A nossa ideia é que as atividades contemplem as famílias, desde atividades recreativas, esportivas, culturais, que possam ser vivenciadas pelas famílias, nos espaços”.

O presidente do Sistema Fecomércio RJ lembrou ainda que o setor de turismo foi um dos mais prejudicados pela pandemia, mas já dá sinais de recuperação. Com atividades em 30 cidades, ele espera movimentar hotéis, bares, restaurantes, transportes e toda a cadeia produtiva do turismo, de modo a gerar renda e emprego no estado do Rio de Janeiro. 

Fonte: Agência Brasil