AO VIVO
Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
Busca
São Paulo
24ºmax
15ºmin
Justiça

EXCLUSIVO: Justiça cobra menos de seis mil reais de Val Marchiori

Milionária foi condenada em um processo movido por uma empresa de viagens e não pagou

02 março 2021 - 08h07Por Fe Fala

A socialite Valdirene Aparecida Marchiori, mais conhecida como Val Marchiori, foi condenada a pagar o valor de R$ 5.988,52, em um processo movido por Nivia Regina Boszczowski de Souza (NR Viagens e Turismo).

Val sequer apresentou defesa, o que levou o processo a revelia, ou seja, deferido todos os pedidos que a empresa de viagens solicitou, porque também foram comprovados. Segundo a NR Viagens, a ação foi de cobrança cumulada com pedido de reparação de danos, sob argumento de que a empresa manteve relação comercial de reservas de hotéis nacionais e internacionais para Val. Ocorre que a socialite não honrou o compromisso financeiro assumido em contrato. Essa condenação foi dada em setembro de 2020.

Pois bem, porém Valdirene não pagou a condenação à empresa de viagens e teve que receber uma intimação judicial para que cumprisse com a sua obrigação.

Despacho da sua condenação em setembro de 2020:

"Remetido ao DJE
Relação: 0095/2020 Teor do ato: Ante ao exposto, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE o pedido e extinto o feito, com resolução de mérito, nos termos do artigo 487, inciso I, do Código de Processo Civil, para: CONDENAR a empresa requerida ao pagamento de R$ 5.988,52, corrigido pela Tabela Prática deste Tribunal desde maio de 2020, acrescido de juros moratórios de 1% ao mês, desde a citação. Sem condenação em custas e honorários, nos termos da Lei 9.099/95. As partes poderão interpor recurso, por meio de advogado, no prazo de 10 (dez) dias, e, neste caso, deverá ser recolhido preparo (1% sobre o valor da causa, observado o mínimo de 05 UFESPs, mais 4% sobre o valor da condenação, observado também o mínimo de 05 UFESPs), montante a ser recolhido no prazo de 48 horas, a contar da interposição do recurso, independentemente de nova intimação".

Despacho intimação para cumprir condenação em fevereiro de 2021:

"Remetido ao DJE
Relação: 0011/2021 Teor do ato: Fica a parte executada intimada para cumprimento integral da r. Sentença e pagamento do débito descrito na petição de fls. 1 e seguintes, no prazo de até 15 (quinze) dias, ou comprovar que já o fez, sob pena de multa de 10% (art. 523, §1º do CPC) e bloqueio dos ativos financeiros da parte executada por meio do sistema BACENJUD2. Ressaltando-se necessária a prévia intimação do devedor para pagamento para incidência de multa de 10% (art. 523, §1º do CPC)".

É um eita atrás de vixi!