AO VIVO
Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
São Paulo
26ºmax
16ºmin
Diário Popular Super
Correios
Eliminatórias sul-americanas

Chile e Colômbia ficam no empate

Equador faz quatro e derrota Uruguai

14 outubro 2020 - 13h06Por Felipe Mina

Pela segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, o Chile recebeu a Colômbia em Santiago, nesta terça-feira (13) e o clássico ficou empatado em 2 a 2.

Os chilenos puderam contar com a presença do flamenguista Isla, já entre os titulares, que não atuou na derrota para o Uruguai por ainda não poder entrar no país Celeste, devido ao seu recente contágio ao Covid-19.

Do outro lado, o lateral direito era Medina, que substituiu o lesionado Arias, e foi dele o cruzamento na medida para Lerma inaugurar o marcador, logo aos seis minutos de jogo.

Mais tarde, o volante cometeu pênalti em Vidal, confirmado pelo VAR e convertido pelo próprio camisa 8. Ainda no primeiro tempo, Vargas finalizou mal, mas a bola sobrou para Alexis Sánchez que tirou do goleiro com categoria e virou a partida.

Reserva de Dúvan Zapata, que vive grande fase no Atalanta, Falcão Garcia foi a campo no etapa complementar e em chute cruzado de Murillo, o centroavante desvio aos 45 minutos do segundo tempo e empatou o duelo. 

Equador 4x2 Uruguai
Na altitude de 2.850 mil pés acima do mar, em Quito, o Equador passou por cima do Uruguai. 

Aos 14 minutos, Mena acertou cruzamento para Caicedo marcar o primeiro de cabeça.

Já o segundo, veio através de falha do experiente zagueiro Godin, que tentou cortar um passe, e acabou entregando a bola de bandeja para Estrada ampliar. Após o intervalo, Estrada fez mais um, com linda assistência de calcanhar de Valência. Em seguida, Gonzalo Plata fez o quarto do time da casa. 

Os uruguaios só descontaram no final, com dois pênaltis assinalados por Luis Suárez, que se isolou como maior artilheiro da história das Eliminatórias Sul-Americanas com 24 gols, superando seu antigo companheiro de Barcelona, Lionel Messi, com 22,

Venezuela 0x1 Paraguai
O Paraguai foi até Mérida, e conseguiu sair com a vitória, suada, sobre a Venezuela.

Os visitantes foram melhores, terminando a partida com 70% de posse de bola. No segundo tempo, os venezuelanos até fizeram o primeiro, em jogada ensaiada, Herrera finalizou de cabeça, mas o árbitro de vídeo delatou irregularidade. 

Perto do fim, os paraguaios é quem foram as redes, com o volante Giménez. Minutos depois, Feltscher sofreu pênalti, e Herrera teve nova chance de marcar, porém, Anthony Silva defendeu a cobrança e garantiu os três pontos.