AO VIVO
Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
São Paulo
30ºmax
15ºmin
Diário Popular Super
Correios
Esporte

Brasileiros se destacam nas Olimpíadas de Tóquio e fazem história no esporte nacional

Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, as dificuldades para treinar e conseguir patrocínio, essa edição dos jogos olímpicos é uma das melhores para o Brasil

03 agosto 2021 - 17h55Por Lisa Lima

Em reta final, as Olimpíadas de Toquio, a imbatível China lidera o quadro os pódios com 32 medalhas de ouro, 21 de prata e 16 de bronze, totalizando 69 medalhas. Os norte-americanos têm 73 medalhas no total, com24 de ouro.

Embora não sejamos um país altamente competitivo em Olimpíadas, a equipe do Brasil nos jogos de Tóquio já conquistou 12 medalhas até o momento. Já temos 3 pódios com ouro, conquistados pelos atletas: Ítalo Ferreira (Surfe), Martine Grael e Kahena Kunze (vela) e Rebeca Andrade (Ginástica Artística). Também alcançamos 3 pratas ( duas no skate e uma na ginástica artística).

Fechamos o quadro com 6 medalhas de bronze (duas no judô, natação, atletismo e agora o tênis). Agora, ocupamos a 16ª posição pelo quadro geral.

Mas a esperança de novas medalhas persiste. Ana Marcela Cunha, cinco vezes campeã mundial de maratonas aquáticas, compete nesta quarta-feira (4), às 7h (19h de terça no Brasil). A nadadora tenta se livrar das pressões como campeã mundial, para buscar o pódio em Tóquio. Ela é considera  a mais forte e destacada da modalidade, com fortes chances de medalha de ouro.

“Sou indiferente ao tamanho da competição, eu sempre encaro todas com seriedade. Chegar nos Jogos Olímpicos e fazer uma prova super bem feita, sem erros, que chegue no final e fale que foi perfeita”, disse Ana.

A atleta passou a última fase de seu treinamento na Espanha e em uma região próxima a Toquio, para se adaptar à temperatura do verão japonês.

Abner Teixeira ficou com o bronze no Boxe, categoria 91kg. A pugilista  Beatriz Ferreira, que já levou o bronze no Boxe feminino, tenta agora chegar à semifinal, em busca da medalha de ouro. Hebert Conceição ainda disputa a semifinal da categoria até 75kg no dia 5. No total, o boxe brasileiro já garantiu três medalhas em Tóquio.

A ginasta Rebeca Andrade conquistou uma prata na Ginástica Artística, se tornando a primeira ginasta brasileira a conquistar uma medalha na categoria. Depois Rebeca conquistou a medalha de ouro na final da competição de Salto. A americana Simone Biles ficou com o bronze.

Para encerrar, a outra estrela brasileira desta terça-feira (3) foi o carioca Alison dos Santos, que ficou com a medalha de bronze nos 400 metros com barreiras. Para encerrar o dia, futebol e o vôlei masculinos garantiram a classificação, assim como Isaquias Queiroz e Jack Godmann, que perderam a disputa em equipe, mas ainda podem disputar o ouro na final da canoagem.