Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
Busca
São Paulo
27ºmax
21ºmin
Eliminatórias sul-americanas

Brasil vira o jogo sobre Peru

Neymar faz três e ultrapassa números de Ronaldo

14 outubro 2020 - 00h08Por Felipe Mina

Na noite desta terça-feira (13), pela segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, o Brasil derrotou de virada o Peru, em Lima, por 4 a 2.

O gol saiu rápido, e em boa jogada de Aquino, a bola sobrou para Carillo que batem bem de fora da área, sem chances para Weverton. terceiro gol em dois jogos do artilheiro da competição.

Logo em seguida, o zagueiro Marquinhos sentiu desconforto e foi substituído por Rodrigo Caio.

Aos 27, em cruzamento, Neymar foi puxado na área pela camisa, pênalti, que o próprio atacante converteu. Minutos depois, faria seu segundo, mas foi anulado por impedimento de Richarlison. 

Os peruanos começaram bem, novamente, no segundo tempo, e o volante Tapia, os colocaram na frente do marcador mais uma vez, em outro chute de fora da área, desviado em Rodrigo Caio. 

A seleção Canarinho não se entregou e em cruzamento na segunda trave, Firmino subiu bem e antes da bola entrar, Richarlison completou para as redes. Ainda houve demora do árbitro de vídeo para confirmar a posição do camisa 7, que foi legalizada.

O gol de Neymar na partida o empatou em números de gols com a camisa da seleção brasileira com Ronaldo Fenômeno, com 62 cada um. Porém o atual camisa 10 viria o ultrapassar na mesma noite, sofrendo mais um pênalti, cobrado no mesmo canto e se tornando de forma isolada o segundo maior artilheiro da história do Brasil, atrás apenas de Pelé, com 77.

Ainda tinha mais do craque do PSG, Evérton Ribeiro, que havia entrado no segundo tempo, foi lançado, invadiu a área e finalizou prensado contra o goleiro Gallese, deixando o rebote para Neymar, que conseguiu marcar no meio dos zagueiros, fazendo o seu hat-trick e assegurando o placar.

Em entrevista, após a partida, os donos da casa reclamaram bastante sobre as marcações da arbitragem. 

As seleções voltam a campo apenas no dia 15 do próximo mês de novembro, o Brasil encara a Venezuela e Uruguai, enquanto o Peru duela contra Chile e Argentina, respectivamente.