AO VIVO
Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
Busca
São Paulo
22ºmax
15ºmin
Diário Popular Super
Correios
TV

Sheherazade: grande patrocinador pediu minha cabeça

Jornalista se desentendeu com Luciano Hang meses atrás

15 setembro 2020 - 08h15

Depois de vir a público a notícia de sua saída do SBT, Rachel Sheherazade resolveu quebrar o silêncio e comentar os motivos que ela acredita terem sido cruciais para que a emissora rompesse seu contrato, previsto para encerrar no fim de outubro.

"Não tentei negociar nada. Há cerca de 1 ano eu já sentia que isso iria acontecer. Tem muitas coisas, mas a declaração do dono da Havan, que se autodeclara como 'véio da Havan', que veio a público pedir a minha cabeça. Ele é um dos maiores patrocinadores do SBT e de outras grandes emissoras também. Então, ali eu já sentia alguma coisa", revelou a jornalista em entrevista a Léo Dias.

O episódio citado pela âncora aconteceu meses atrás, em meados de junho, quando Luciano Hang disse que "faltava mais gente para [Silvio Santos] demitir" e que Raquel era uma delas, supostamente por causa de seu posicionamento abertamente contrário ao presidente Jair Bolsonaro, de quem o empresário já se declarou aliado.

Apesar do entrevero, Rachel diz sair do SBT, após quase dez anos de contrato, com a sensação de dever cumprido.

"Tive uma grande janela aberta, trabalhei com grandes nomes do jornalismo e tive a oportunidade de mostrar as minhas ideias em horário nobre para o Brasil inteiro. Eu tenho certeza que dei o meu melhor e fiz o meu melhor. Eu não cedi a partido político algum. Não cedi a partidos nem a políticos. E eu fiz tudo isso sozinha. A luta de um jornalista contra o poder é sempre sozinho. Saio de alma limpa e consciência tranquila. Eu durmo muito bem com a cabeça no meu travesseiro", encerrou.